5 de novembro de 2010

Testemunho André e Daniela Assunção - Um exemplo para os que esperam no Senhor pelo (a) esposo (a).



Olá Amados!
Este blog tem sido uma benção na minha vida! Através dele conheci a irmã Dani, e agora somos amigas! No primeiro dia de nossa conversa via e-mail, ela me contou este testemunho e eu fui muito edificada. Tanto é que a pedi para que o editasse com vistas a ser publicado aqui para que todos fossem também abençoados! Leiam, eu recomendo!
DTA, Sarah Sofia.

“Meu nome é Daniela Assunção, tenho 31 anos, moro em SP. Eu congrego na Igreja Batista do PA, na sede.

Me converti no ano de 2003, quando eu tinha 24 anos. Me converti em um casamento, no qual eu pensei que teria um culto de Jovens rs.

Foi tremendo aquele dia! Posso ainda lembrar o motivo de cada lágrima que escorria no meu rosto conforme os louvores eram ministrados.

Na época, eu era noiva de uma rapaz, nós já namorávamos por 07 anos. Minha família o amava porém minha mãe sempre dizia “Filha, ele é um bom rapaz. Mas esse relacionamento não dará certo, você não será feliz com ele...” (no final vocês entenderão o porque eu escrevi isso...) Eu não entendia o porque minha mãe falava isso e quando eu perguntava, ela disfarçava e não respondia. E eu deixava isso pra lá...

Porém ele não aceitou minha conversão. Ele até foi um dia na Igreja comigo mas como um pré-satanista (pois depois ele se tornou isso) ele discordou de tudo que foi pregado e me impôs que não continuaria comigo “crente”.

Minha conversão foi muito além do que palavras ministradas por um homem de Deus. Foi algo profundo, foi algo intenso, algo tão forte que aos poucos me desprendi naturalmente de tudo que não agradava ao Senhor – não queria mais ouvir as músicas do mundo, não gostava mais de minhas roupas vulgares, não conseguia mais falar palavrão, me afastei de algumas pessoas da empresa que eram mentirosas e fofoqueiras, não conseguia mais ficar em frente a TV vendo novelas e todas aquelas porcarias e tantas outras coisas. Por Jesus ter mudado tanta coisa em minha vida, eu tive que abrir mão do meu noivo. Foi muito difícil essa época, porque eu como uma recém convertida, eu cria e orava pra que ele me acompanhasse, que isso iria mudar, que no final, eu ia casar com ele. Sofri muito e quase fiquei depressiva por isso.

Nos afastamos, eu o amava muito mas Jesus completou tudo que ele nunca pode me dar - Jesus me deu tudo – alegria que eu não tinha, paz que eu não tinha, amor que eu não tinha, perdão... Nem se ele fosse o melhor homem do mundo, ele conseguiria ou poderia me oferecer isso! Ele – JESUS – me deu alegria, me deu paz, me deu uma nova família, me deu tudo que eu preciso!!!

Enfim, o tempo passou, mas eu não conseguia esquecê-lo e ainda orava por ele!

Minha oração mudou um tempo depois – eu orava assim “Senhor Jesus, não quero mais perder tempo na minha vida sentimental. Entreguei a minha vida a Ti e daqui em diante, quero namorar o meu marido...ainda que não seja meu ex noivo” eu orava com fé, crendo naquilo!

Comecei a participar do Grupo de Jovens da Igreja no qual através de uma irmã em Cristo, eu conheci o André. Como qualquer tecladista da Igreja, várias moças gostavam dele, inclusive essa irmã que me apresentou também gostava dele. Mas foi uma apresentação assim – “graça e paz” e olhe lá!!! rsrs como eu sempre estava com essa moça e ele gostava dela, todos lugares que estávamos, lá estava ele conosco. Pra mim, ele era um criança... aquele tipo de homem que você quando é solteira olha e diz “nossa, que menino bobo...” e era assim que eu o olhava. Olhava pra ele e sinceramente não via nada.

Nesse meio tempo, o André levou um fora dessa menina que começou a namorar outro rapaz e ele ficou sem ela como amiga, só restou a mim como amiga dele! Começamos a ficar mais próximos, conversando mais e tal... e eu orando pela vida sentimental dele, apoiando o retorno com a moça e ele orando pelo meu ex noivo, pra que ele se convertesse e voltasse pra mim.

Um dia, na casa do meu irmão o Pr. Nilo, rolou uma tarde de hot-dog. E o André sempre foi muito engraçado e simpático com todos a sua volta e por ser meu amigo, ficou muito próximo desse meu irmão que o convidou pra esse dia. Algumas pessoas brincavam conosco dizendo que nossa amizade iria acabar dando em casamento e, queridos, falo diante de Deus – eu poderia pensar em qualquer rapaz da Igreja, qualquer um menos o André!!!! Eu não gostava quando as pessoas diziam isso porque pra mim ele era feio, mais novo, bobão, enfim, tudo que eu não gostava em um rapaz! E ele achava a mesma coisa de mim – me achava muito séria, muito adulta e ele sempre dizia que nunca casaria com loira e baixinha. (e eu sou assim...)

Enfim, irmãos, nesse dia do Dog algo me despertou em olhar pro André. Ele chegou na casa do meu irmão e do nada, eu olhei pra ele diferente... comecei a olhar pra ele como homem e não mais como moleque. Comecei a achar as brincadeiras dele o máximo (hahahahahaha) e o pior – comecei a achar ele um gato!!! (hahahahaha)

Mas fiquei na minha, não falei nada pra ninguém. Eu jamais poderia expressar qualquer sentimento pelo André naquela situação, ainda mais para meu irmão, o Pr. Nilo, que sempre dizia “isso vai dar em casamento...” Aliás, muitas pessoas brincavam nos dizendo isso. O orgulho tomou conta do meu coração e fiquei por meses sem falar nada a ninguém. E eu orava chorando ao Senhor dizendo “não Deus, eu não quero gostar do André... tira esse sentimento de mim... eu quero ele como meu amigo... não Deus, nããããooooooooo!!!!!!!!” (hahahaha) enfim, não adiantou nada orar - quanto mais eu orava, mais eu gostava dele!!!

Até que resolvi me declarar!!! Que dia terrível! Cheguei na maior coragem, depois de uma Escola Bíblica Dominical e disse o seguinte:

“É o seguinte André (quem me conhece sabe que sou assim mesmo, direta nas palavras...rs) eu estou gostando de você mas não quero gostar. Estou pedindo pra Deus que não quero gostar de você porque você não serve pra mim, sou muito madura pra você... então diante disso, eu vou me afastar pra não alimentar esse sentimento, certo?”

Ele ficou sem reação!!!! Na verdade ele ficou mudo e disse o seguinte

“Olha, eu não gosto de você! Eu gosto de outra pessoa e você sabe disso. Mas se você preferir assim, ok...”

Cheguei em casa chorando muito dizendo pra minha mãe “Mãe, como eu pude fazer isso?? ele me deu um fora...”

Depois disso, nos afastamos, nos falávamos muito pouco na igreja, isso quando nos cumprimentávamos!!!

Só que ele era estagiário na época e mal tinha dinheiro pra condução e eu ganhava super bem na época e eu dava os passes (na época era passe de papel) que me sobravam.

Teve um culto de jovens que mal olhei na cara dele. E era o dia 05, o dia que eu sempre dava os abençoados passes pra ele.

Vocês acreditam que depois de ter me dado um fora, ele veio até a mim pra pedir os passes??? Nossa, achei aquilo o fim!!! Olhei pra cara dele, peguei os passes que estavam dentro da Bíblia e os entreguei sem dizer nada. Me perguntei “como eu pude fazer isso, com um cara que me deu um fora??”

E eu continuava orando “Não, Senhor, eu não quero. Eu quero casar com meu ex noivo... eu não quero gostar do André....” queridos, até campanha de oração eu fiz!!!! To falando sério, tudo pra não gostar do André!!!! Olha até que ponto um ser humano pode chegar...rsrs

Existia um grupo de estudos na casa do meu irmão, o Pr. Nilo, todas as segundas feiras a noite. E há muito tempo atrás, antes de gostar do André, eu sempre o chamava pra ir com a gente porque o estudo era muito legal.

Nesse dia, eu estava com aquela cara de triste, arrasada por dentro, meu irmão ali pregando e eu voando... (hahahahahaha)

De repente, quem me aparece no portão – o André!!!! Nossa, meu coração disparou e ao mesmo tempo me perguntei “o que ele tá fazendo aqui??”

Meu irmão deu aquele sorriso maroto e disse “hhhmmmmmmmm” e fez aquele silêncio. E todos outros irmãos que participavam do estudo fizeram aquele “hhmmmmmmm” (hahahahahahahaha) foi muito engraçado!

O André entrou, sentou e ficou ouvindo o estudo. E eu dando uma de “moça difícil...” e nem olhando na cara dele.

Na hora de ir embora, ele me chamou de canto dizendo que precisava conversar comigo e eu falei que tudo bem.

No resumo - queridos, ele me disse que também estava gostando de mim!!! Olha o que Deus fez!! Isso foi no dia 27/07/2004.

A pedido do meu irmão, o Pr. Nilo, oramos por dois meses até irmos falar com o Pr. Dirceu.

No dia 09/09/2004 falamos com o Pr. Dirceu que nos abençoou e oficializamos nosso namoro.

Noivamos em fevereiro de 2006 e casamos no dia 27/01/2007 no cartório e no dia 03/02/2007 na Igreja.

TODA GLÓRIA AO SENHOR, POIS ELE QUEM FEZ TUDO ISSO!! ELE MUDA O CORAÇÃO DE UM REI, QUANTO MAIS OS NOSSOS!!

Quais ensinamentos que tive com tudo isso??

- “Sempre, em todos momentos, o primeiro lugar na sua vida deve ser Jesus”: não importa a situação, sempre coloque Ele - JESUS em primeiro lugar na sua vida, mesmo que pra isso você precise abandonar pessoas que você ama como namorados/noivos que não é o que Deus tem pra você!

Ouça a voz de Deus acima de tudo, porque as promessas Dele são incomparavelmente melhores do que você acha que é bom... se eu não tivesse feito isso, talvez eu nunca tivesse me firmado nos caminhos do Senhor e até mesmo estaria casada e infeliz com um satanista!

- “Honre seus pais, principalmente os conselhos”: para nós jovens e adolescentes os conselhos dos pais sempre são ruins. E hoje vejo que isso é muita ignorância da nossa parte! Pois são os melhores conselhos, dos nossos pais!! Hoje me pergunto – porque minha mãe dizia que eu nunca seria feliz com o ex? Porque ela sabia que no fundo, eu iria sofrer. Prestem atenção - Pais olham além do que nós filhos olhamos. Eles conseguem enxergar coisas que não vemos... nós precisamos dar mais ouvidos aos nossos pais e obedecê-los porque eles sempre querem o nosso bem.

- “Obedeçam os vossos pastores...”: o tempo que eu e André oramos foi o tempo necessário para saber se realmente aquele relacionamento era de Deus. Fomos acompanhados e ministrados por um Pastor nesse tempo e só assim tivemos a certeza que gostávamos um do outro. Mesmo porque no nosso caso, ainda tinha alguma coisa na minha vida em relação ao meu ex noivo e na vida dele em relação a ex namorada... Esse tempo de oração foi maravilhoso para que enxergássemos o que realmente queríamos!! Então, se seu Pastor ou Líder lhe determina um prazo de oração e determinadas regras, obedeça! Será melhor pra você e para a outra pessoa. Deus nesse tempo irá responder a sua oração e te dizer “sim” ou “não”. A pessoa que não consegue fazer isso infelizmente não sabe esperar em Deus e você quer alguém assim do seu lado, que não sabe esperar em Deus? Pense nisso!!! Pois em um casamento, muitas coisas serão necessárias o esperar em Deus...

- “A vontade de Deus é sempre a melhor!! ” Pra você, talvez o melhor de Deus seja aquele irmão bonitão da igreja ou aquela moça que todos solteiros admiram!! Mas o que Deus tem pra nós, o melhor Dele, é um amigo, um companheiro, um homem ou moça de caráter segundo o de Deus, uma pessoa que irá crescer junto com você espiritualmente falando. O que Deus tem pra você é aquela pessoa que você se sente bem ao lado, que te faz feliz, que te faz rir, que te apóia, que te ama com defeitos e qualidades. Beleza não é nada e muito menos dinheiro...

SOLTEIRO E SOLTEIRA – que a minha oração, lá no passado quando meu coração ainda estava machucado, ferido, triste com um relacionamento de 07 anos, seja sua oração “Deus, eu quero namorar meu marido...”ou “Deus, eu quero namorar minha esposa...”

Deus irá te surpreender se você fizer dessa oração algo em prática na sua vida!

E quando seu Isaque ou Rebeca chegar, ore pedindo confirmação! Siga o conselho de seu líder ministerial e não olhe para as aparências – elas enganam! Siga os conselhos das pessoas que te amam e querem seu bem!

E eu glorifico ao Senhor pelo meu marido, o André. Porque além de ser exatamente o que eu pedi a Deus, ele é realmente o que Deus tinha pra mim!!!! E hoje eu acho ele um gatão... (hahahahahaha)

Deus é fiel!!!! Ele concede o desejo do nosso coração, mas há um segredo nesse versículo “Agrade ao Senhor e Ele concederá os desejos de teu coração...” A condição é - precisamos agradar ao Senhor em tudo – em nossas atitudes, pensamentos, etc... precisamos realmente estar com nossas vidas diante do Altar e saber que estamos agradando ao Pai. E aquilo que você tanto pede, Ele te dará!!!

Abraços queridos!!! Fiquem na paz do Senhor!

Daniela Assunção



Um comentário:

Mariana disse...

Muito abençoado seu post!
Muito edificante,e veio na hora certa pra mim...
Falou muito comigo, muito mesmo!

Que Deus Continue lhe abençoando!